segunda-feira, 9 de janeiro de 2012

Roseiral...

Respirei, senti todo o oxigênio que ocupa meu mundo
Senti cada batimento de meu coração, que faz pulsar toda minha paixão
Pela vida, pelos momentos, pelos meus familiares, pelas garotas e por meus amigos.
Lembrei-me de cada dia ruim que passei, e revivi em instantes todos os dias de alegria.

Sozinho, cá estou eu, em meu quarto, pensando, pensando e pensando
Em como a vida é perfeita, linda e magnífica.
A vida é tão bela, quanto aquela mulher que te desperta fascínio
Que te desperta amor... Será que você pode beber dessa vida?

Parece engraçado, parece até ilusório, mas... é a pura verdade
Vivemos dias após dias buscando uma felicidade, insensata
E nunca encontramos.
Sabe o por quê? Porque não vivemos no agora, no hoje, neste presente!

Sinta a cada passo como se fosse o primeiro, cada atitude como se fosse a única
A motivação está na mente de quem acredita
Nós? Nós somos feitos de sonhos e crenças, onde você esqueceu as tuas?
Seja lá quem as tomou, volte...volte e traga para si

A partir do momento em que fizestes as mesmas coisas, a rotina
Seus objetivos não mudarão, terá sempre os mesmos fins
E as suas equações terão sempre resultados insatisfeitos
Inove, renove, faça loucuras às vezes, arrisque e se entregue mais

Vivemos cada dia como se tivéssemos parado a frente de um desfiladeiro
Sempre teremos esse medo, pulo, não pulo, são as escolhas
A cada dia que passa temos sempre duas diretrizes
Se eu pular eu posso morrer
E se eu voltar não saberei o que tens lá embaixo
Serão sempre indecisões que devem ser decididas. E rápido.

E se pular não for a melhor forma de conhecer, haha, escorregue.
O importante é agir, não digo que não terás medo
Somos seres humanos, o medo sempre vai existir
É pra isso que Deus criou a coragem, para enfrentar o medo

Desafie a você mesmo, desafie a vida, ria em frente ao perigo
Encare os obstáculos com sede de vitória
Infortúnios são meros detalhes pra incrementarem sua história
Quando você sentir que agora não dá mais. Lembre-se:

Essa é a cena mais dramática da minha Hollywood
Sem drama tudo perde a graça
Mas faça do drama apenas uma cena
Não o filme inteiro

Perca mais tempo com você
E esqueça o que os outros acham, fazem ou deixam, de fazer
A vida dos outros, são dos outros

Caridade não é ser babá de ninguém
Ajudar não quer dizer viver a vida de outrem
Vamos viver intensamente os dias que nos são dados

Pra cada coração há um caminho num roseiral
A escolha é sempre nossa de...
Admirar as rosas e sentir cada perfume ou...
Xingar e derrubar cada roseira, pelos cortes que sofremos em cada espinho.
                                                                       “Efêmero dos Devaneios”

Um comentário:

  1. Meu querido, estou toda arrepiada, muito lindo, muito lindo, acho que precisamos procurar alguém para publicar tanta coisa bela. Parabéns...
    Marilda.

    ResponderExcluir

Seguidores